O deputado Gerlen Diniz (Progressistas) usou seu pequeno expediente na sessão on-line desta terça-feira (5), para falar das ações do governo no combate ao COVID-19 e criticou a postura do prefeito de Sena Madureira Mazinho Serafim, pela negligência nas ações de prevenção ao vírus.

Gerlen disse lamentar que sua cidade Sena Madureira tenha registrado os dois primeiros casos da doença, sendo um casal de professores que testaram positivo para a doença nesta segunda-feira.

“O prefeito liberou muitas atividades, colocou comerciantes contra mim, por ter criticado sua liberação quase que total das atividades econômicas e agora está aí, o vírus chegou e resta correr para não deixar muitas pessoas serem afetadas”, disse.

O parlamentar ainda defende as medidas de isolamento social adotadas pelo governador Gladson Cameli e foi além, disse não ver a hora de o estado decidir pelo”lockdown” (Fechamento Total).

Com o Lockdown a entrada e a saída de veículos particulares são proibidas e limites entre cidades são fechados, além da proibição de aglomerações em locais públicos. Praticamente todos os serviços não essenciais ficam proibidos e só é possível sair de casa para comprar alimentação, remédios e levar pessoas a unidades de saúde.