O jornalista Williandro Derze, um dos dirigente do MDB – Movimento Democrático Brasileiro em Rio Branco, soltou os cachorros como se diz no popular, para manifestar sua indignação depois que o governador Gladson Cameli (Progressista) exonerar aliados do glorioso de suas funções no governo esta semana.

Foram cerca de exonerações feitas nas pastas da SEPA e SEE, a maioria de indicação da deputada estadual Antônia Sales (MDB), que faz parte da base governista na Assembleia Legislativa e é uma das que tem menos espaços no governo de Gladson Cameli e Major Rocha.

Para Wiliandro o governador exonerou pais de famílias de Cruzeiro do Sul, sua terra natal e membros de um partido que o ajudou a eleger nas eleições de 2018.
O mesmo ainda critica a permanência de muitos ex-petistas, que ocupam diversos cargos na gestão.

Veja o que postou o dirigente indignado;

“Governador Gladson Cameli assim como fez ontem no diário oficial com os pais de família da sua terra que ajudaram o senhor durante todo esse tempo até sua chegada a este posto que ocupa, agora aproveite e demita também os petistas que tem no seu governo.

É mais fácil tirar os aliados governador?”

O sapo já levou o escorpião para o outro lado do rio né isso?

E não venha nenhum cargo comissionado falar de recursos não que será pior a próxima postagem.

Boa tarde!

A guerra de bastidores entre o Progressistas não é somente com os Tucanos do PSDB, agora o partido do governador também está em atrito com o MDB, que se articula com o vice-governador Major Rocha, para construir diversas alianças no estado, o que tem irritado Gladson Cameli.

O Diário oficial não foi piedoso com os indicados de Antônia Sales, mesmo sendo CEC’s com nomeações baixas.