O Diário Oficial do Estado (DOE) trouxe na edição desta segunda-feira (30), informações sobre a contratação de uma empresa que fornece combustível aeronáutico do tipo gasolina para avião (AVGAS).

O extrato de contrato entre o Governo do Estado do Acre através da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e a empresa Ortiz Abastecimento de Combustíveis e Derivados LTDA no valor de R$ 557.280,00 está disponível para quem tiver interesse.

De acordo com o DOE, a contratação visa suprir as necessidades das aeronaves de propriedade ou operadas pelo Centro Integrado de Operações Aéreas da Sejusp. O contrato foi assinado pelo secretário de Segurança Pública, Paulo César Rocha dos Santos.

Mas o que chama a atenção é que no Acre, uma das aeronaves que estavam disponíveis para o estado não está funcionando, pois se envolveu em um acidente de trânsito, pois estava sendo usada de forma negligenciada em alguns momento. Em se tratando das outras duas que restam, não se sabe por onde estão.

Mas vale destacar que em se tratando de avião, o estado do Acre conta com apenas um que foi doado pela Polícia Rodoviária Federal ao governo, trata-se de um avião bimotor Sêneca III, de deveria está a disposição da saúde pública, pois o uso do avião é para o transporte de pacientes do Tratamento Fora do Domicílio – TFD e pessoas que necessitem de remoção de urgência de localidades longínqua do Acre. Mas não se sabe se é isto que de fato está acontecendo.

No dia 26 de fevereiro deste ano, uma equipe do Corpo de Bombeiros levou quase três hora para resgatar uma adolescente que estava perdendo sangue, o resgate durou todo este tempo devido o local onde a jovem estava ser de difícil acesso, mas é nessas horas que nos questionamos sobre a atuação destas aeronaves.