Dentre os casos confirmados na tarde deste domingo (29), três são do interior do estado, dois são de Acrelândia e 1 de Porto Acre, as informações são do Boletim Epidemiológico da Secretaria do Estado de Saúde (Sesacre).

Já se somam 34 casos contabilizados no estado que podem aumentar nesta semana. É a primeira vez que são registrados casos de coronavírus em município do Acre.

Os cinco casos confirmados são de uma funcionaria da Saúde de 24 anos, uma agente administrativa de 55, uma servidora pública de 36 anos, um representante comercial de 33 e uma consultora de vendas de 27 anos.

Os três casos restantes são de municípios. Um é de Porto Acre, que é um empresário de 61 anos, e dois Acrelândia, uma autônoma de 50 anos e um também autônomo de 53.

Depois de ter recebido o diagnóstico de Covid-19, a arquiteta Rose Moretto, de 50 anos, usou as redes sociais para informar que foi curada da doença. Ela estava entre os três primeiros pacientes que foram diagnosticados com o novo coronavírus no Acre após contrair a doença ao participar de uma feira de arquitetura em São Paulo.

No último dia 17, Rose, a advogada Isabelle da Silva, que está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do pronto-socorro, e outro arquiteto foram diagnosticados com a doença após retornarem de viagens para Rio Branco. Dos três casos, apenas a advogada se encontra em estado grave.

Além de Rose, o idoso Manoel José, de 81 anos, também já foi curado da doença. Ele estava internado na Unidade de Pronto Atendimento do Segundo Distrito da capital acreana e recebeu alta na sexta-feira (27).

No Acre, até o momento foram notificados 413 casos, sendo que 299 foram descartados porque deram negativo para a Covid-19. O número de exames em investigação diminuiu de 121 para 80.