O professor Jerry Correia do município de Assis Brasil, escreveu uma carta aberta ao governador Gladson Cameli, dando-lhe ciência do que está acontecendo no referido município, a respeito da chegada de vários imigrantes.

O fato é que a prefeitura na gestão do prefeito Zum está fazendo o necessário para minimizar a situação, e evitar o risco de contaminação pelo COVID-19, mas o número de imigrantes é alto.

Os imigrantes seguiram para Assis Brasil com o intuito de atravessar para o Peru que faz fronteira com a Cidade, mas ao chegarem na fronteira foram surpreendidos com a passagem fechada devido a pandemia do Coronavírus.

Com isso os imigrantes tiveram que se acomodar em Assis Brasil e aguardam que o Peru permita a passagem deles, mas até o momento isso não aconteceu e por isso o professor Jerry solicita apoio do Governo do Estado para ajudar nessa situação. 

Veja abaixo:

Carta aberta ao Excelentíssimo Governador Gladson Cameli

Senhor Governador,

Meu nome é Jerry Correia Marinho, sou professor e morador do município de Assis Brasil. Tenho acompanhado todo o esforço de Vossa Excelência no combate ao Covid-19 em nosso Estado do Acre. Aqui na minha cidade a Prefeitura Municipal, por meio do prefeito Antônio Barbosa e sua equipe, também tem feito o que pode para evitar uma tragédia maior.

O assunto que quero expor à Vossa Excelência é de extrema importância e talvez possa evitar que esta moléstia chegue em nossa cidade. É de vosso conhecimento a chegada desenfreada de imigrantes ao município de Assis Brasil. Os mesmos, em sua maioria haitianos, estão “presos” aqui, uma vez que as autoridades peruanas permanecem com suas fronteiras fechadas.

Senhor Governador, a pequena cidade de Assis Brasil não reúne condições físicas e muito menos financeiras para atender estes imigrantes. Já são mais de 300 pessoas entre homens, mulheres e crianças. Eles estão sendo bem tratados pela prefeitura, por meio dos servidores da Saúde e Assistência Social que garantem todos os dias três refeições e abrigo seguro para todos.

Sei que Vossa Excelência tem acompanhado esta situação e atendido algumas reivindicações do prefeito, como o envio de centenas de cestas básicas e colchões para atender aos imigrantes. No entanto, a situação é bem mais grave e pode nos levar ao colapso.

Senhor Governador, peço que Vossa Excelência volte sua atenção para o município de Assis Brasil. Não podemos mais receber tantos imigrantes e permanecer com eles nesta pequena cidade. Hoje mesmo (23/03/20) mais um grupo de haitianos chegou neste município e já foram agregados aos demais.

Peço em caráter de urgência que uma barreira seja montada na entrada da cidade para controlar o ingresso de pessoas, sobretudo realizando os procedimentos padrões de saúde que podem detectar casos suspeitos do Covid-19. Solicito ainda, que o Estado do Acre providencie abrigo na cidade de Rio Branco para acolher os imigrantes que aqui estão, uma vez que não há prazo para a reabertura da fronteira com o Peru.

Consciente do esforço de Vossa Excelência, do prefeito de Assis Brasil e demais autoridades, registro esta carta aberta em nome dos moradores de Assis Brasil que compartilham esse pensamento, buscando contribuir com as autoridades no enfrentamento desta doença.

Respeitosamente, Jerry Correia Marinho – morador de Assis Brasil.