Os deputados estaduais oportunistas como Antônio Pedro (DEM), José Bestene (PP), Cadmiel Bomfim (PSDB) e tantos outros que andam espalhando em forma de informação que destinarão R$ 500 mil de suas emendas para a saúde por conta do Covid-19.

Ora essa, essas emendas sempre foram fictícias e sempre ficaram nos cofres do próprio governo e realmente só poderiam ser remanejadas para educação ou saúde, ou seja, os nobres deputados estão fazendo cortesia com o chapéu alheio. Eles não estão doando nada. Duvido algum deles abdicar do salário por um mês que seja.

Além do que as referidas emendas que já pertencem aos cofres do governo Cameli só poderão ser usadas no próximo ano.

Eles sabem disso tudo, mas tentam enganar o povo. Não tem deputado bobo ali, como diria Ulysses Guimarães: ‘os bobos ficaram de suplentes’, porém brincar com as pessoas em um momento deste já é um pouco demais. Coluna da Gina / Folha do Acre