Por determinação do prefeito Ilderlei Cordeiro, a Secretaria Municipal de Saúde, destinou vários profissionais para monitorar a chegada de passageiros oriundos da capital Rio Branco, como forma de prevenção contra o COVID-19 (Coronavírus).

Os profissionais aguardam a chegada do ônibus, adentram ao veículo, e repassam as informações necessárias de isolamento social e os devidos cuidados aos passageiros. Após esse momento, com um termômetro infravermelho, realizam o monitoramento de cada passageiro. Anotando nome, endereço e telefone, para que seja realizado o acompanhamento diário por 07 dias, ou até que eventuais sintomas do coronavírus seja detectado.

O policial penal Luís Carlos, disse ser de fundamental importância esse trabalho, para que não se tenha a propagação do vírus e da doença em Cruzeiro do Sul. “Em Rio Branco a situação está crítica, e é importantíssimo esse trabalho de acompanhamento e controle das pessoas que chegam em nossa cidade. O prefeito Ilderlei está certo em controlar e monitorar quem chega no munícipio. Eu agora vou para casa e ficarei em isolamento pelos próximos dias”, disse Luís.

A Secretária de Saúde, Juliana Pereira, explicou que mesmo não havendo casos confirmado é necessário haver essa fiscalização e monitoramento das pessoas que chegam pela BR 364. “Iniciamos este trabalho, sábado, entrando nos ônibus, medindo a temperatura de casa passageiro e identificando todos para que possamos estar monitorando-os.”, finalizou.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, aproximadamente 150 pessoas chegaram à Cruzeiro do Sul nos últimos dois dias. E, graças o auxílio da médica infectologista, Rita de Cássia, que cedeu dos aparelhos para medir temperatura corporal, o município é o primeiro do Vale do Juruá a usar este equipamento.