O deputado Daniel Zen (PT), que foi diagnosticado nesta segunda-feira, 23, com o Coronavírus (Covid-19), teve seu último contato com parlamentares e servidores da Assembleia Legislativa na manhã da última terça-feira, 17.

“Sendo assim, faço esse comunicado para que todos aqueles que tiveram contato próximo comigo, nessas últimas semanas, fiquem atentos para o aparecimento dos sintomas”, disse o parlamentar em comunicado no grupo de WhatsApp dos deputados da Assembleia Legislativa.

Ao ser comunicado, o presidente da Casa, deputado Nicolau Junior (Progressistas) reforçou que os demais deputados permaneçam em quarentena seguindo as orientações do Ministério da Saúde. Ele afirmou que se for necessário, a Assembleia Legislativa fará as sessões online, por videoconferência, como ocorreu recentemente no Senado Federal. “Eu peço a compreensão de todos. Se for necessário que os deputados trabalhem, estamos estudando a viabilidade de obter o mesmo sistema do Senado para as sessões ocorrerem online, mas como o decreto de calamidade foi aprovado, o governo tem garantias para tomar decisões por medida provisória e os parlamentares teria até 120 dias para aprovar as medidas, sem prejuízos a população”, argumentou.

Como na última sexta-feira, 20, o presidente da Cooperacre, Manoel José Gameleira, de 81 anos, foi diagnosticado, o deputado foi incentivado fazer teste, já que participou de uma agenda na cidade de Capixaba junto a ele.

No mesmo dia, o presidente do PT, Cesário Campelo Braga, também fez o exame que testou positivo hoje também. O ex-senador Jorge Viana deve divulgar o resultado do exame nas próximas horas, pois também esteve na agenda com os petistas. Por ac24horas