Ônibus passam por limpeza e higienização ao fim de cada viagem — Foto: Ascom Prefeitura de Rio Branco

Com a suspensão das aulas das redes públicas e privadas e dos serviços não essenciais em Rio Branco, o transporte coletivo municipal passou a operar com apenas 40% da frota. A medida é parte do conjunto de estratégias para evitar a proliferação do novo coronavírus no Acre.

A redução iniciou na terça-feira (17), quando a prefeita da capital acreana, Socorro Neri, assinou o decreto de situação de emergência devido à pandemia de Covid-19.

Além da redução, os ônibus que estão circulando na cidade passam por limpeza e higienização após o fim de cada viagem.

O decreto municipal determina que empresas concessionárias do serviço de transporte coletivo reforcem essa limpeza, adotando, além da lavagem diária o uso, a cada ciclo de viagem, de álcool 70% ou solução de água sanitária, em especial nos pontos de contato com as mãos dos usuários, como balaústres e pega-mão.

A prefeitura garantiu também que as empresas responsáveis pelo transporte coletivo também estão reforçando a limpeza nos cinco terminais de integração da cidade.

A capital acreana é a única cidade do estado com casos de Covid-19 confirmados. São, ao todo 11 infectados em Rio Branco até o sábado (21). Por Aline Nascimento, G1 Acre