Uma adolescente de 17 anos, grávida de dois meses, foi socorrida por uma equipe do Corpo de Bombeiros do Acre após passar mal, nesta quarta-feira (26). A jovem mora em uma comunidade de difícil acesso, no Ramal Ribeiracre, zona rural de Xapuri.

Como o carro dos bombeiros não conseguia entrar até o local onde a jovem estava, a equipe teve que carregar a grávida em uma rede. O resgate durou mais de três horas para ser concluído.

“Estava com sangramento em decorrência da gravidez. A viatura não conseguiu chegar até o local e fizemos o resgate com rede. Não temos ambulância, nessas localidades fazemos o transporte por caminhonete”, confirmou o assessor de comunicação dos bombeiros, major Claúdio Falcão.

A jovem foi levada para o hospital de Xapuri. Já no período da tarde, a equipe retornou à unidade e foi informada de que ela deve ser encaminhada pra Rio Branco para continuar o acompanhamento médico.

“Melhorou, não houve aborto, mas vai ser encaminhada para Rio Branco. Gravidez de risco, ficou complicada para os médicos. No interior do estado, são muito comuns essas ocorrências que atendemos na zona rural. Seja qual for o tipo de acidente ou situações clínicas. Mas, sempre fazemos esse tipo de atendimento”, concluiu. Por Aline Nascimento, G1 Acre