A segurança pública do Acre tem dominado os debates na tribuna da Assembleia e nas páginas da imprensa, principalmente a Capital Rio Branco, que vive uma onda de criminalidade desenfreada.

Calegário fez duras cobranças ao vice-governador Major Rocha (PSDB), que se apresentava como padrinho do sistema de segurança e apontava soluções fácies de resolver a problemática.

O parlamentar, que recolheu a assinatura de pelo menos outros 10 deputados, solicita à Mesa Diretora que seja criada uma frente para discutir políticas públicas e estratégias de combate ao crime no estado do Acre.

De acordo com Calegário, a idéia da Frente Parlamentar da Segurança Pública, tem objetivo de incorporar ALEAC nas discussões e planejamento de ações que possam apontar uma saída para devolver a paz aos acreanos.

O pedido é fruto do compromisso firmado entre Calegário e o Governador Gladson durante o encontro dos Poderes para debater Segurança Pública que ocorreu neste domingo (10) na biblioteca pública. Na ocasião, o Deputado garantiu que não medirá esforços para ajudar o governo na luta contra a criminalidade, pauta suprapartidária.