O polêmicos influenciador digital Hedislandes Gadelha, que é nomeado com CEC 6 na SECOM – Secretaria de Comunicação do Estado anunciou sua saída do governo Gladson Cameli.

Quando foi nomeado dia 19 de abril do ano passado, Hedislandes Gadelha virou notícias em toda imprensa, isso pela rejeição da militância e apoiadores de Gladson Cameli, que mostravam indignação pela oportunidade dada ao ex-militante das campanhas do PT.

Hedislandes fazia campanha nas redes sociais em favor do candidato Marcus Alexandre do PT, o que causou todo alvoroço no ninho Progressista, quando seu nome apareceu no diário oficial, ganhando mais de 6 mil reais mensais.

Em áudio disparado em diversos grupos, Hedilsandes agradece ao governador pela oportunidade dada e aborda os motivos que o fizeram pedir a exoneração;
“Galera a partir desta data eu não faço mais parte do governo Gladson Cameli.

Agradeço pela oportunidade, desejo sorte ao mesmo, mas não vou reproduzir ações fantasiosa, na saúde, segurança e educação como eles mandam”, disse Hedislantes. O áudio prossegue com o restante da justificativa que o levou a deixar o governo.

Ouça o áudio: