Na madrugada desta segunda-feira (20), cerca de 30 detentos fugiram do presídio Francisco de Oliveira Conde, em Rio Branco. O maior presídio da capital acreana.

A fuga em massa ocorre apenas um dia depois de 76 integrantes de uma facção brasileira fugiram por um túnel da Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, que fica na fronteira com a cidade brasileira de Ponta Porã (Mato Grosso do Sul), na madrugada deste domingo (19).

O método utilizado pelos fugitivos acreanos ainda não foi divulgado e deve ser informado à imprensa em uma coletiva. Mais informações em breve. Por Contilnet