Adolescentes são flagrados tentando cavar buraco em alojamento de centro socioeducativo no Acre — Foto: Divulgação/ISE

Quatro socioeducandos foram flagrados tentando cavar um buraco no alojamento C1, do prédio Delta 2, do Centro Socioeducativo Aquiry, em Rio Branco. A tentativa de fuga ocorreu por volta de 1h30 desta segunda-feira (20), mesmo dia em que 26 presos fugiram do Complexo Penitenciário Francisco d’Oliveira Conde.

Conforme o Instituto Socioeducativo do Acre (ISE), os quatro adolescentes usavam dois estoques para cavar o buraco. O flagrante ocorreu no momento em que os agentes socioeducativos faziam a ronda no local.

“Os quatro adolescentes foram imobilizados. Não foi preciso fazer nenhum tipo de contenção, tendo em vista que eles não reagiram e entregaram os ferros quando foram flagrados”, informou o ISE, em nota.

Ainda segundo o instituto, o grupo foi remanejado para outro prédio por questões de segurança.

Fuga em massa

Vinte e seis presos fugiram do presídio de Rio Branco, na madrugada desta segunda-feira (20). De acordo com a Segurança, os detentos fugiram do pavilhão L, onde cumprem pena em regime fechado. A fuga ocorre após um fim de semana violento com sete execuções.

O Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen) disse que os detentos fizeram um buraco na parede da cela e, com lençóis, fizeram cordas escapando pela muralha. A Segurança não descartou ligação entre fuga em massa de presídio no Acre com a do Paraguai.

Adalcimar Oliveira de Almeida foi recapturado ainda nesta manhã e os outros 25 seguem foragidos. Os presos são da facção criminosa denominada Bonde dos 13, aliada ao Primeiro Comando da Capital (PCC), que atua em vários estados brasileiros.

A fuga ocorre depois de um fim de semana violento em Rio Branco. Sete homicídios foram registrados em Rio Branco na noite desse sábado (18). Seis deles em um bar na zona rural da cidade, no km 100 na estrada Transacreana, onde houve uma chacina.

Uma outra tentativa de homicídio também foi registrada no km 58 da Transacreana no mesmo. A vítima foi levada ao Pronto Socorro. O sétimo crime ocorreu no ramal Bom Jesus, no bairro Vila Acre, também na região do Segundo Distrito. Por Iryá Rodrigues, G1 Acre