Gladson Cameli reuniu sua equipe para uma tarde de lavagem de roupa suja, as brigas de egos e disputas internas dos aliados, tem irritado Cameli, que disparou carão para tudo que é lado.

Quem acompanhou a saída de secretários e diretores de todas as pastas do governo logo após a reunião, afirmou que o semblante não era dos melhores. Gladson demonstra insatisfação com alguns gestores e deixou bem claro que não tolera mais brigas e fofocas entre colegas de pastas.

Algumas áreas fundamentais do governo não andaram no primeiro ano e por ser este de eleições, o governador teme um desgaste ainda maior, que possa refletir no resultado das urnas.

O governo de Gladson Cameli e Major Rocha, está formado por partidos de interesses conflitantes, não tem alinhamento de ação. Isso causou e ainda irá causar grandes acontecimentos no decorrer do mandato, seja de brigas e desentendimentos.

O cartão de visita parecia anunciar o cardápio que seria oferecido pelo governador que após agradecer o empenho de todos, mesmo sem sair do salto, engrossou o cangote e pediu unidade entre os que estão à frente de secretarias e autarquias.

Gladson Cameli tem meio milhão de reais para investir no primeiro semestre do ano, a maioria do aporte financeiro do governo é de operações de crédito.

O governo de Cameli e Rocha aposta alto nas obras de infraestrutura para recuperar a economia, gerar emprego e renda.