Em tempos de descrédito político e desconfiança de parte da população, as câmaras municipais são alvos mais vulneráveis de críticas e cobranças da população. 

Presidida pelo vereador João Luciano do (PCdoB), a mesa diretora ainda é composta pelos vereadores, José Niale (PSB), 1º secretário, Francisco Ribeiro (Kiko MDB) vice-presidente e mais o Vereador Ezildo (PSC) e Zeca do Assis (MDB) completam o comando da casa.

Distante 557 km da capital, Marechal Thaumaturgo tem atualmente 17 mil habitantes, sendo sua maioria na zona rural, espalhados nas mais diversas comunidades. A câmara municipal tem uma legislatura composta por parlamentares que representam os mais diversos segmentos da sociedade Thaumaturguense, que acompanha o dia a dia da política local com bastante atenção.

O Programa Sessão Itinerante foi algo positivo e que deu certo porque leva os vereadores até as comunidades mais distantes do município, com audiências públicas e sessões com a participação ativa dos moradores por onde acontece.

Para o presidente da câmara vereador João Luciano, a proposta de fazer do parlamento municipal um instrumento de mediação dos problemas do povo é fundamental, pois é assim que eles têm ganhado o respeito e a confiança dos munícipes.

Nesses três primeiros anos de mandato, os vereadores percorreram diversas comunidades, onde aproveitam para mostrar seus trabalhos e colher reivindicações da comunidade, com isso fazer instrumento de atuação junto à gestão municipal, ou qualquer outra instituição de poder.

Além da atuação dentro da cidade, é frequente os parlamentares se deslocarem para Cruzeiro do Sul e Rio Branco, sempre em busca de solução para os mais diversos problemas de interesse da sociedade local.