Diante das notinhas que tem surgido até com certa insistência em algumas colunas, a direção deste jornal resolveu tentar desvendar qual a real intenção por trás dessa estratégia da ex- deputada Leila Galvão e seu fiel estrategia que encabeça as negociações de interesse do casal.

Se auto credenciando como sendo a melhor prefeita da história de Brasiléia, Leila e os irmãos, têm trabalhado desesperadamente na tentativa de dividir a opinião pública na fronteira acreana e isso tem acalorado os bastidores da política no município de Brasileia.

Há até a vibração com bandeirolas daqueles que a julgavam impiedosamente quando esta era deputada pelo Partido dos Trabalhadores, sendo rotulada como “Deputada Pastel de Vento” no grupo de whatsap conhecido como “política, religião e esporte” que seus administradores são do MDB.

Lógico que não se pode ignorar a força política da ex-deputada, mas há algumas peças que precisam ser movimentadas nesse tabuleiro:

Não seria essa estratégia, um grito desesperado de socorro na tentativa de chamar a atenção da direção do PT no estado pra ser chamada a dar as cartas nas articulações junto com a atual gestão?

Seria realmente esse o desejo da Ex-deputada, voltar ao partido que em outro momento teria virado as costas por não compactuar com muitas idéias, ou está apenas usando a sigla e a força do partido pra conseguir seus objetivos pessoais?

Há muitas outras reflexões importantes a serem feitas sobre essas tratativas, mas uma em especial que nos remete a um período bem recente, ao lembrar dos ácidos discursos da ex–deputada sobre a corrupção no município de Brasileia não tem como a população deixar de se questionar:

Teria ela perdido o interesse pelo assunto, ou à ex–prefeita e ex–deputada o que importa é unilateralmente o Poder pelo Poder?

Muitos são os questionamentos em torno dessa conjuntura que se ensaia junto ao MDB desde que a ex-deputada não passou pelo crivo popular para retornar à ALEAC, disparando sua metralhadora giratória de acusações para gestão da Prefeita Fernanda Hassem somado ao ciúme visceral que ela nutre pela Deputada Maria Antônia, que teria espatifado seu reduto eleitoral.

Como são muitas as cartas que estão sendo apresentadas, a direção desse jornal foi mais além, sobre os boatos de que forte empresário estaria se somando na articulação com Leila e MDB, formando a liga dos Super Poderosos pra destronar a prefeita Fernanda Hassem, e o que descobrimos foi que tudo não passa de meras especulações, já que os empresário que acompanharão são de seu núcleo familiar: Moreira e Vade, Cunhado e cunhado. Sem muitas novidades.

Ainda sobre essa abordagem tentamos uma conversa com a prefeita Fernanda Hassem que mostrou–se indiferente ao assunto deixando claro à nossa equipe que no momento certo estará de portas abertas para todos que queiram falar sobre conjuntura politica, mas que agora precisava focar nos trabalhos porque, no seu ponto de vista ainda tem muito a ser feito pra poder começar a pensar em uma possível reeleição.

Seguiremos atentos e acompanhando essa acirrada corrida rumo as eleições de 2020. E não custa nada finalizar com mais uma indagação.

Se a vingança é um prato que se come frio, não seria esse acordo o caminho perfeito para o MDB devolver a ingratidão que sofreu em anos anteriores? Quem viver verá.