Jogadores no treinamento do Rio Branco-AC no CT José de Melo — Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre

O técnico Luciano Chequini é gaúcho e trabalhou no Cruzeiro entre 2008 e 2011 como auxiliar técnico. Após esse período, adquirir experiencia internacional atuando como treinador na Angola, Jamaica e na Austrália. Visando novos desafios, ele aceitou o desafio de assumir o comando do Rio Branco-AC, que passar por período de reestruturação após eleição do presidente Valdemar Neto.

– Eu passei quatro anos fora (do Brasil), é um time de peso, um time grande, é um time que tem uma história grande no futebol brasileiro e vai disputar uma competição nacional – afirma.

O primeiro desafio do treinador será preparar a equipe para a estreia no Campeonato Acreano, no dia 6 de fevereiro contra o Andirá, na Arena Acreana. Depois de uma semana desde o início da pré-temporada, o técnico já fez suas primeiras avaliações do elenco.

– Eles tem absorvido, tem gostado, não tem reclamação. Lógico que tem aquelas primeiras dores do treino, mas às coisas estão fluindo de maneira satisfatória. Eles estão se conhecendo, conhecendo a forma de trabalho que a gente vem empregar, enfim, nessa primeira semana acredito que a cada dia eles vem se adaptando, degrau à degrau – disse.

Mesmo em reestruturação, Luciano Chequini quer o Estrelão conquistando títulos dentro de campo. E com trabalho passo a passo, esse é seu objetivo no Alvirrubro.

– A gente vem aqui para trabalhar e brigar pelo título. Toda equipe que eu trabalho, a equipe luta para ser campeã. E não é atoa que eu estou aqui, a ideia é chegar, fazer à final e ganhar – diz.