Uma bebê indígena da aldeia Nova Olinda, região do Rio Envira, em Feijó, interior do Acre, chegou ao Pronto-Socorro de Rio Branco, nesta quinta-feira (12), com quadro grave de desnutrição e desidratação.

A direção do hospital informou que ela está na pediatria da unidade, estável e se recupera bem.

O departamento Indígena do Juruá acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para fazer o resgate do bebê. O transporte aéreo até a capital acreana foi feito pelo Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), de helicóptero.

“É uma criança de nove meses, que inicialmente foi regulada com um quadro de pneumonia grave. Só que quando cheguei lá, não era problema respiratório, mas sim de desidratação grave e desnutrição severa”, contou o coordenador do Samu, Pedro Pascoal. Do G1 Acre