A Justiça do Acre condenou Thomas da Silva Mesquita, preso por tráfico de drogas, a sete anos de prisão. Ele foi flagrado, no mês de abril, com quatro quilos de maconha quando tentava embarcar em um ônibus para Tarauacá, interior do Acre.

A prisão aconteceu após denúncia no número de WhatsApp da Divisão de Investigação Criminal (Deic), que foi informada que o jovem estava chegando em Rio Branco para buscar o entorpecente.

A sentença de Miranda foi publicada no Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC), nesta segunda-feira (9).

A decisão cabe recurso, mas o acusado não pode recorrer em liberdade.

A prisão de Miranda foi feita por policiais da Delegacia de Repressão a Entorpecente (DRE-AC), após a prisão.

Na publicação, o TJ-AC destaca que Miranda confessou o crime. Ele foi denunciado ainda por integrar uma organização criminosa.

Porém, o processo foi desmembrado e a denúncia pelo segundo crime está em andamento na Vara Especializada de Crime Organizado.

A reportagem tentou contato com o advogado de Miranda citado no processo, mas não obteve sucesso até a última atualização desta matéria. Do G1 Acre