O Senador Sérgio Petecão fez um pequeno desabafo na sua página do facebook a respeito violência em Rio Branco e da nota emitida pela Segurança Pública do Estado  que alfinetou o Senador.

Na sua publicação no facebook, Petecão afirma que se pudesse dar um conselho, diria, “vamos com humildade , e reconhecer que estamos atravessando um dos piores momentos da segurança do nosso estado”.

Petecão, ao fim de sua publicação, dá a entender que se sentiu censurado diante da nota emitida pelo Sistema Integrado de Segurança Pública que na verdade a nota trata-se de uma resposta ao senador, diante de sua entrevista dada ao colunista Crica.

Veja abaixo a publicação de Petecão:

Não podemos cometer os erros do passado!!!!!!. Ontem numa conversa informal com o colunista Luís Carlos, fiz um comentário onde eu fazia uma meia culpa da minha ausência nos bairros, pois os últimos episódios de violência tinham me assustado. E confessei ao jornalista que estava com medo de andar nos bairros. Isso é crítica?, e eu que sempre tive uma relação muito próximo com o povão. Lembro de um episódio quando tive que usar a tribuna do senado para dizer umas verdades ao então Sen. Jorge Viana exatamente porque naquele momento Rio Branco vivia uma situação muito parecida com a que estamos vivendo hoje, e ele tentava esconder. Amigos fazer notas com a assinatura de toda segurança do estado não resolve, ainda bem que o ministro Sergio Moro não assinou, eu Também sou governo, comandantes, eu sou aquele Petecão que lutou para não perdermos a nossa emenda de bancada, vocês esqueceram já, que proporcionou muita festa de entregas, carreatas e trouxe até o ministro MORO ao nosso estado. Se vocês acham que está bom, chame um taxista para levá-los até o taquari, peça uma pizza lá na cidade do povo, peça para o caminhão da Gazin levar um fogão lá no cabreúva, aquela Cena daquele homem pulando em cima de um ladrão armado na moto representa o desespero da nosso povo. Façam com toda sinceridade, vocês que assinaram a nota, tá tudo bem, tá normal, temos paz?. Amigos da segurança, se eu pudesse dar um conselho, diria, vamos com humildade, e reconhecer que estamos atravessando um dos piores momentos da segurança do nosso estado. Enquanto eu estiver na política e não puder mais expressar a minha opinião, é o sentimento do povo, aí é melhor largar. Saibam que por enquanto podem contar comigo, esse governo lutei muito para eleger. Diferente de alguns que faziam duras críticas ao nosso governador. Atenção!!!! Peço a os meus amigos que não curtam, não publiquem, para não perderem seus empregos. Quero pouca coisa, só que a velha PAZ volte a reinar em nosso estado. E pode ter certeza desprovido de qualquer INTERESSE como foi dito na nota, eu ainda estou pronto para ajudá-los, contem comigo.