Dona Maria Sobreira é produtora rural da Comunidade Liberdade, no Ramal da Judia, em Rio Branco. Ela é uma das contempladas com a entrega de insumos agrícolas, feita pela prefeita Socorro Neri, nesta sexta-feira, 29, na Central de Abastecimento de Rio Branco (Ceasa).

“As hortaliças são muito delicadas, não aguentam pegar essas chuvas fortes que têm nessa época. Se não fosse a Prefeitura eu nem sei o que seria de nós. Esse ano eles já fizeram muito para a gente”, declarou.

Os produtores receberam 179 rolos de lona plástica, usada para cobrir as áreas de produção das hortaliças. Se cada produtor fosse arcar com a compra desse material gastaria no mínimo R$ 700 reais, dependendo do tamanho de sua plantação.

“O nosso maior objetivo é ajudar esses produtores especialmente no período do inverno, em que há uma quantidade de chuva sempre maior do que o esperado. Então eles precisam estar preparados, com a nossa ajuda”, explicou o secretário de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Econômico (Safra), Paulo Braña.

Além disso, os trabalhadores receberam também um caminhão baú e uma caminhonete para escoamento da produção e acompanhamento técnico do trabalho. Os insumos somam mais de R$ 450 mil em investimentos oriundos de emenda parlamentar dos ex-deputados federais Sibá Machado e Moisés Diniz, e contrapartida da Prefeitura de Rio Branco.

“Essa emenda foi um pedido dos próprios produtores, e eu me coloquei a disposição para ajudar quando era deputado. A horticultura é uma área que sempre precisa de incentivos e a prefeitura de Rio Branco é uma parceria fiel na realização desses benefícios”, contou Sibá.

Cuidando de Quem Produz

Aproveitando a grande concentração de produtores na Ceasa, durante esta sexta-feira, a Safra em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) realizou mais uma edição do programa Cuidando de Quem Produz. Durante todo dia, trabalhadores e trabalhadoras contaram com atendimento médico, odontológico, de enfermagem, farmácia com distribuição de remédios e teste rápido de glicemia e aferimento de pressão.

“É uma orientação da prefeita que a gente leve os serviços básicos de saúde para mais perto das pessoas, especialmente essas que têm dificuldade de acesso. Eles passam a semana inteira direto trabalhando e muitas vezes não têm tempo de ir até uma unidade de saúde”, disse o secretário de Saúde, Oteniel Almeida.

A expectativa é que aproximadamente 500 homens e mulheres sejam atendidos até o fim do dia. Além dos atendimentos, equipes do Centro de Multimeios estiveram presentes promovendo recreação com as crianças que foram acompanhar os pais.

“A prefeitura tem feito todo o possível para apoiar a agricultura familiar. Um setor que absorve muita mão de obra, que envolve as famílias e que, portanto, precisa muito da assistência técnica, condições de escoamento e incentivos para garantir uma vida digna”, enfatizou Socorro Neri.