Contar uma história, mostrar um vídeo e conversar a respeito da dengue, foi uma das maneiras que a Secretária de Saúde por meio da Prefeitura encontrou para chamar a atenção e conscientizar as crianças em referência ao combate à doença.

“A educação é à base de tudo, quando orientamos a comunidade, sobre as consequências de um determinado hábito, passamos a ter uma população, mais informada, isso é o que queremos em relação ao combate a dengue,” endossou Valéria Lima, coordenadora do Núcleo de Educação e Saúde.

A dengue é uma doença febril grave causada por um arbovírus que são vírus transmitidos por picadas de insetos, especialmente os mosquitos. Existem quatro tipos de vírus da dengue (sorotipos 1, 2, 3 e 4) e eles se proliferam rapidamente onde tem água parada.

Por isso, foi discutido em algumas escolas da cidade informações relevantes como os cuidados para o mosquito não se proliferar. “A palestra foi muito importante, porque temos alguns casos de crianças e funcionários com a doença, isso nós ajuda a conversar com os nossos alunos e mostrar as formas de prevenção para que eles possam estar aprendendo e passando para os pais em casa,” pontou Antônia Maria Dias, gestora da Escola Corazita Negreiros.