A Polícia Federal do Acre divulgou, o preso José Luiz da Silva, que fugiu correndo de uma audiência em julho deste ano em Cruzeiro do Sul, foi preso no Peru. O foragido usava um nome falso no país vizinho e planejava fazer uma cirurgia para mudar o rosto.

Silva estava na Villa Maria Del Triunfo e usava o nome de Luis Fernando Carrion Torres. A polícia diz ainda que ele havia agendado uma cirurgia plástica em um hospital em Callao para modificar o rosto e evitar ser reconhecido.

Silva é uma das liderança de uma facção criminosa no estado do Acre e fugiu depois de uma audiência em 1º de julho no interior do Acre. Ele cumpria pena no Presídio Antônio Amaro, em Rio Branco, mas estava no interior para participar de uma audiência, porque o crime foi cometido na cidade, já que é natural de Cruzeiro do Sul.

O vídeo da fuga viralizou nas redes sociais na época. Nas imagens, que duram apenas 7 segundos, é possível ver que o preso está de braços para o alto e sem algemas.

Ao ser encaminhado novamente para o camburão, ele foge correndo. Um outro detento que sai junto com Silva volta para o carro da polícia. Um policial chega a seguir o preso, mas não consegue detê-lo.

Prisão

A PF informou que teve informações de que o preso estava no país vizinho e expediu um mandado solicitando que a Interpol emitisse uma ordem de captura internacional. Ele foi encontrado com maconha, cocaína, além de uma identidade falsa peruana.

“O governo do Peru ainda deliberará a respeito de eventual extradição ou exportação para o Brasil”, diz em nota, a PF. Do G1 Ac