Foi deflagrada, nesta quarta-feira (27), pela Polícia Civil, a Operação Marias, em combate a crimes de violência doméstica contra mulheres. Oito pessoas foram presas, sendo sete por mandado de prisão preventiva e uma por mandado de prisão definitiva.

As ações têm como objetivo dar cumprimento a mandados judiciais, verificar medidas protetivas de urgência e denúncias referentes a crimes de violência doméstica e familiar contra mulheres.

A delegada responsável pela Delegacia de Proteção à Mulher (Deam), Juliana De Angelis, afirmou que a operação vai até o próximo dia 10 de dezembro. A ação faz referência aos 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher.

“Essa operação foi desencadeada em todo o Brasil com foco no enfrentamento da violência contra a mulher. Então, esses oito mandados são para apurar, especificamente, crime de violência doméstica infrafamiliar e violência sexual. Destes, sete foram de violência doméstica, ou seja, são agressores que desobedeceram as medidas protetivas e um que foi condenado por estupro de vulnerável”, disse a delegada

Os presos foram encaminhados para o presídio Francisco D’Oliveira Conde, em Rio Branco.

Do G1 Acre