O laudo com as causas do incêndio que destruiu a Churrascaria Estrela, que fica na Rua Rui Barbosa, no Centro de Rio Branco, deve sair em 30 dias, de acordo com o major do Corpo de Bombeiros Cláudio Falcão. O fogo começou por volta das 19h30 desta quarta-feira (27) e ninguém ficou ferido. Quatro cachorros e uma ave estavam no local e foram resgatados com vida.

Três batalhões do Corpo de Bombeiros, com um total de sete viaturas, foram deslocados para atender a ocorrência. As equipes isolaram a área e conseguiram conter as chamas em 30 minutos.

“Por enquanto, não tem como a gente dar certeza de como o fogo começou. São situações hipotéticas, pode ter sido na parte elétrica, vazamento de gás, algum equipamento na parte da cozinha, o fogo pode ter se alastrado por conta de gordura em churrasqueira, que é um material combustível muito potente. Então, não tem como afirmar agora, estamos trabalhando com todas as hipóteses”, explicou.

O major reforçou que pode ser que seja necessário um prazo maior para a entrega do laudo. “Não é certo que vai sair em 30 dias, porque precisam ser feitos exames laboratoriais e esses são mais demorados. Às vezes atrasa um pouco entrega do laudo por causa disso”, acrescentou.

Falcão disse que no terreno em que a churrascaria funcionava haviam outras edificações, que não ficaram comprometidas.

“Os donos moravam atrás em um apartamento e não tinha ninguém dentro no momento. Também tinham alojamentos para os funcionários, que não foram comprometidos. Ainda estamos no local hoje [quinta, 28] preservando e fazendo a segurança. Ficamos lá ontem [quarta, 27] até às 2 horas da madrugada”, falou.

Um hotel, que fica ao lado da churrascaria, foi atingido na parte lateral e, no momento do incêndio, segundo o major, chegou a ser evacuado. “É preciso fazer uma averiguação, porque a temperatura que atingiu o hotel foi alta, então, temos que descartar qualquer tipo de dano”, afirmou Falcão.

O proprietário da churrascaria, Amaury Gilberto, disse à equipe da Rede Amazônica Acre que não sabe a hora que o incêndio começou porque não estava no local no momento em que o fogo se alastrou.

Do G1 Acre