A Palestra educativa em combate a dengue foi realizada nesta quarta-feira, 20, para os estudantes da Universidade Federal do Acre, durante o período matutino, vespertino e noturno. A Secretaria de Saúde por meio da Prefeitura promoveu a ação com o intuito de compartilhar ideias sobre a doença que podem ser levadas também para outras pessoas.

“Um dos nossos objetivos é chamar a atenção dos alunos, porque eles são formadores de opinião que podem está conscientizando outras pessoas sobre a dengue,” destacou Nicolau Abdalah, coordenador de vigilância epidemiológica.

Um dos principais assuntos que estiveram que se destacaram durante a palestra foram os sintomas da doença – febre, dor de cabeça, dores no corpo e articulações e dor atrás dos olhos – também foi realçado a importância de procurar primeiramente as Unidades de Saúde para identificar a dengue e classificá-la.

“Nós tivemos a oportunidade de levar através da palestra informações de dados epidemiológicos e entomológicos, o evento superou nossas expectativas porque os estudantes e a universidade se colocaram a disposição para estar nos ajudando, pois precisamos da ajuda de todos,” frisou Muana Araújo, coordenadora de Endemias.  

Surto ou epidemia?

Surto: acontece quando há o aumento repentino do número de casos de uma doença em uma região específica. Para ser considerado surto, o aumento de casos deve ser maior do que o esperado pelas autoridades.                        

Epidemia: Se caracteriza quando um surto acontece em diversas regiões. Em quesito municipal é quando se tem um surto predominante em muitos bairros, ou na maioria deles.