O secretário municipal de Educação, Moisés Diniz, acaba de confirmar que o concurso referente à SEME foi cancelamento, que seria destinado à contratação de mais de 500 profissionais.

As situações que resultaram no cancelamento do concurso foram divulgadas pelos próprios candidatos que se sentiram prejudicados diante de troca de provas, provas fora de malotes lacrados, uso de celulares em sala e até leitura da prova em dupla.

Equipes da prefeitura de Rio Branco e da Fundação de Apoio e Desenvolvimento ao Ensino e Pesquisa e Extensão (FUNDAPE) marcaram uma reunião de urgência na manhã deste domingo para averiguar as denúncias de fraude. A decisão foi o cancelamento das provas.

O concurso iria prover cerca de 521 vagas para os níveis fundamental, médio e superior, com salários de até R$ 3.447,35. As vagas foram destinadas para Professor da Educação Infantil (Pré-Escola), Professor do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano), Professor da Educação Especial (Mediador, Bilíngue e Libras), Nutricionista, Cuidador Pessoal e Motorista. 

Nota de Esclarecimento

A Prefeitura Municipal de Rio Branco informa que ao tomar conhecimento sobre problemas ocorridos na manhã de hoje, durante a aplicação das provas do concurso público da educação municipal, reuniu com a Fundação de Apoio e Desenvolvimento ao Ensino, Pesquisa e Extensão Universitária no Acre (Fundape), instituição responsável pela organização e realização do concurso.

Em razão das falhas detectadas pela Fundape, a Comissão Organizadora do Concurso decidiu pela anulação das provas do turno da manhã e o cancelamento das que seriam aplicadas no turno da tarde. Novos exames serão realizados em data que será divulgada em breve.

A Prefeitura de Rio Branco lamenta pelo transtorno aos candidatos e reafirma seu compromisso com a lisura deste concurso.

Prefeitura Municipal de Rio Branco

Diretoria de Comunicação

Rio Branco, 17 de novembro de 2019