O vice-governador do estado, Major Rocha (PSDB), embolsou em diárias, nos dez primeiros meses de mandato, o equivalente a quase três meses de salário.

A análise da prestação de contas do seu gabinete revela que o total pago ao tucano foi de R$ 81.118,68 no período de fevereiro a outubro deste ano. Não há gastos dessa natureza relativos a janeiro.

Segundo as despesas detalhadas no Portal da Transparência do governo, as diárias recebidas pelo major da Polícia Militar do Acre variam entre R$ R$ 230,60 e R$ 8.939,25.

Só no mês de agosto deste ano, as despesas com as diárias pagas a Wherles Rocha totalizaram R$ 13.558,45.

Ainda de acordo com o Portal da Transparência, o vice-governador acreano recebe salário mensal de R$ 33.689,11.

Consultada sobre o assunto, a porta-voz do governo, Mirla Miranda, enviou a seguinte nota à redação do Diário do Acre:

Desde o início da gestão o vice-governador Wherles Rocha, juntamente com o governador Gladson Cameli têm se empenhado em buscar recursos e meios para o desenvolvimento econômico do Acre.

A respeito dos valores, eles refletem as constantes viagens para São Paulo e Brasília, nas quais resultaram em investimentos para a Segurança Pública do Acre, entre elas a aquisição de mais de 100 viaturas que serão entregues nos próximos dias, armamento, munições e fardamentos já entregues as forças de Segurança Pública. O vice-governador realizou viagens para fora do país, exemplo a viagem a Pucallpa no Peru, onde entre os resultados, conseguimos garantir vôos entre Cruzeiro do Sul à Pucallpa, e a criação de um grupo de trabalho que visa a construção da Rodovia ligando Cruzeiro do Sul à Pucallpa. O vice-governador reafirma sua responsabilidade em colocar o Estado nas pautas nacional de investimento, e isso o tem levado a sair do comodismo e ir em busca de recursos, parcerias e convênios para o Acre. Por Archibaldo Antunes, do Diário do Acre