Bebê indígena internada com meningite sai do isolamento no Acre

Criança tem quadro de saúde estável, se alimenta bem e não corre risco de vida. Bebê está internada no Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul.

A bebê indígena, de sete meses, internada desde sexta-feira (4) no Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul, interior do Acre, com meningite, saiu do isolamento e está em um dos leitos da unidade. A criança é da etnia Arara, zona rural de Porto Walter.

A criança deu entrada no hospital com febre, desorientação com convulsões, rigidez e irritação. Após exames, o resultado comprovou meningite Haemophilius.

“Está estável, se alimentando bem e reagindo bem. Agora é terminar os antibióticos e dar alta para ela”, confirmou o chefe do Serviço de Pediatria do hospital, pediatra Rodnei Brito.

Ainda segundo Brito, a criança deve ter alta médica entre 10 a 14 dias, quando termina o processo de medicação.

“Ficou quatro dias no isolamento e depois foi para enfermaria normal. Fizemos profilaxia na mãe, pai e avó. Na aldeia mandamos a notificação para vigilância fazer o bloqueio também”, concluiu. Do G1 Acre