Veja o Vídeo: Cadê as três aeronaves do Governo, Gladson? Além de dois helicópteros o Acre conta também com um avião bimotor Sêneca III

O fato é que o Acre tem três aeronave a serem usadas, mas a população está tendo que se virar como pode com passagens para chegar até a capital Rio Branco.

Diante das muitas idas e vindas de Tico e Teco, um internauta gravou um vídeo, onde fala sobre as três aeronaves na qual o governo do estado dispõe para uso de apoio sendo dois helicópteros e um avião que foi cedido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Em vídeo o internauta cita que com essas três aeronaves, não se resolve nada: “O que se vê é mais gastos, gastos, o governador viaja, viaja, viaja e não chega porque só viaja e viaja de novo e nós continuamos na mesma, nada ta funcionando, saúde, educação, segurança pública nada, com tanto helicóptero e inúmeras viaturas e a criminalidade da na mesma”, disse o internauta.

O Estado do Acre pode contar com o apoio de dois helicópteros dos tipo esquilo AS 350, conhecido por João Donato ou Estrelão, o outro é uma aeronave que está sendo adquirido modelo AS 350 B2 (Esquilo), já o terceiro é um avião bimotor Sêneca III com capacidade para sete passageiros e um tripulante.

O helicóptero João Donato ou Estrelão foi adquirido ainda no governo de Binho Marques (PT) em setembro de 2009 e desde então permanece ativo até os dias de hoje, já em fevereiro deste ano a Polícia Rodoviária Federal cedeu o avião bimotor Sêneca III e o terceiro que trata-se de outro helicóptero do estilo do João Donato.

Aeronaves estas que deveriam está auxiliando nas situações mais necessárias e em áreas mais caóticas como saúde e segurança pública, assim como foi anunciados nas propagandas de que estas aeronaves atenderiam as secretarias, principalmente a Saúde e Segurança Pública, foram tantos anúncios bonitos que chegavam até a convencer de que seriam isso mesmo, mas a população sente a ausência dessas aeronaves.

Em se tratando da saúde, os acompanhantes de pacientes do Tratamento Fora do Domicílio (TFD) tem que arcar com as despesas de passagens porque o estado não está disponibilizando, pelo menos é o que foi informado no TFD de Cruzeiro do Sul à mãe de um paciente, mas e as aeronaves para que estão servindo?

Já com relação a segurança pública, tudo que o acreano não tem é a sessação de segurança, nas fronteiras as aeronaves estão sendo conhecidas por caviar, nunca vi nem comi eu só ouço falar, ou seja, é sempre o mesmo discurso, mas na prática é totalmente diferente, o Governador Gladson só pode ter guardado estas aeronaves na gaveta e jogado a chave fora.

Não adiante nada um estado como o Acre ter três aeronaves e não se ver resultados destas, tem que colocar essas aeronaves para circular.

Veja o Vídeo: