Outubro Rosa: Aulão de dança em Cruzeiro do Sul chama atenção para o câncer de mama e colo do útero

Aulão Rosa é uma das atividades desenvolvidas para chamar a atenção do público feminino

Blusas rosas, balões, palco montando, professores preparados e sorriso no rosto de muitas mulheres, foi o cenário do final da tarde desta segunda-feira (07), em frente à Catedral Nossa Senhora da Glória, através de muitos passos rítmicos oficializou-se a abertura do Outubro Rosa, por meio da prefeitura de Cruzeiro do Sul, juntamente com a secretária de saúde.

O mês ganhou referência ao símbolo rosa porque em 1990 foram distribuídos pela primeira vez em Nova York o laço rosa para os participantes da Corrida Pela Cura, desde então a tonalidade predomina como uma forma de identidade para a campanha, chamando a atenção para o público feminino em conscientização e prevenção do câncer de mama.

Durante todo o outubro terão atividades desenvolvidas para toda a comunidade, de forma gratuita e toda a equipe de saúde está envolvida para auxiliar o público feminino.

“Estamos iniciando as atividades com a abertura do Aulão Rosa, esse ano quisemos fazer algo distinto para realmente focar na questão do câncer de mama, por isso estamos abordando ações para um público diferente, em lugares inusitados, como por exemplo, hoje aqui na praça e também ao longo dos dias em outros pontos, como por exemplo, no shopping. Tudo isso é para incentivar as mulheres a se cuidarem, ” frisou Renata Barbosa coordenadora da saúde da mulher da secretária municipal da cidade.

O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres, segundo a última pesquisa realizada pela Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (IARC) sobre a incidência do câncer no mundo, a doença é um dos três tipos de maior incidência. Entretanto, quando mais cedo o diagnóstico, melhor o tratamento.

“É muito importante todas as mulheres se atentarem contra o câncer de mama, por isso, a secretaria resolveu fazer o outubro rosa aqui na praça para chamar a atenção para você mulher, faça seu autoexame, se cuide. Nós atendemos em todos os postos de saúde tanto na zona rural, quanto aqui na cidade, temos psicólogos preparados especialmente para atender esse tipo de problema, ” pontou a psicóloga Luziane Casemiro.

As Unidades Básicas de Saúde (UBS) estão disponíveis todos os dias, com exames gratuitos, e as mulheres acima de 50 anos, podem solicitar a mamografia na maternidade.