Uma possível filiação do prefeito de Bujari: Romualdo Araújo; atualmente no PCdoB, mas que estaria de mudança para o Partido Progressista, tem causado confusão entre a direção municipal e algumas lideranças da direção estadual da sigla.

Anunciado pelo deputado estadual José Bestene, como futuro quadro do Progressista, Romualdo enfrenta a resistência por parte da militância Progressista do município, que afirma não concordar com a novidade anunciada.

Nas eleições de 2026, Romualdo derrotou três concorrentes entre eles a candidatura Progressista, que passou a fazer oposição a sua gestão, desde aquela derrota eleitoral.

A presidente estadual do Progressista, senadora Mailza Gomes já inclusive deixou claro. Se o prefeito Romualdo vier a se filiar no Partido, não significa garantia de legenda para disputa de 2020, pois segundo a presidente, o Progressista tem um legado histórico no município e tem em seu maior quadro; a professora Zilmar Rocha, como grande comandante desse processo de luta e busca pelo fortalecimento político da sigla em Bujari.

O negócio ficou tão sério, que a direção municipal do Progressista de Bujari, soltou uma nota à imprensa, externando a posição de resistência a filiação de Romualdo na sigla.

Assinada pela presidente Zilmar Rocha, o texto explica bem a falta de sintonia entre o grupo do deputado José Bestene e atual presidente Mailza Gomes, que reafirma apoio à posição do diretório municipal.

Vamos aguardar até a data marcada; no caso próximo dia 11, para saber se a filiação de Romualdo sai ou não.

Veja a nota do Progressista;