O deputado estadual e médico infectologista Jenilson Leite (PSB) realizou, no sábado (05), uma ação de saúde alusiva a campanha Outubro Rosa, na comunidade São João, na BR-364 no sentido Tarauacá / Cruzeiro do Sul. 

Exames especializados nas áreas de ultrassonografia e eletrocardiograma foram disponibilizados ao público. Além dos moradores da comunidade São João, dezenas de pessoas das comunidades circunvizinhas compareceram na casa da Valeria Souza, local do atendimento, em busca de uma consulta médica e exames que é difícil de ser conseguido na rede pública e nos laboratórios particulares muitas famílias não tem condições financeiras para pagar.

Para Elida, presidente da associação Fortaleza Acreana , o atendimento foi muito importante, uma vez que dezenas de pessoas que não tem acessos a exames e até mesmo consultas pelo SUS foram atendidas pelo médico deputado. “Quero agradecer ao doutor Jenilson, porque é a segunda vez que ele traz uma ação de saúde deste porte a nossa comunidade. Para nós mulheres, isso significa muito, pois temos dificuldade de conseguir exame pelo SUS e aqui tivemos essa facilidade”, afirma.

Jenilson Leite agradeceu a Valeria por ter cedido a sua residência para que fosse realizado o atendimento, ao vereador Lauro Benigno, ao ex- prefeito Chagas Batista e a pessoas presentes pelo carinho e apoio quem tem dado a ele. “Quero agradecer a Valéria, pois tem sido uma parceira de nosso mandato, inclusive hoje cedendo a sua residência. Também quero agradecer ao vereador Lauro Benigno por nos acompanhar. Além disso, me coloco à disposição dos senhores para estarmos sempre buscando melhoria aos moradores da BR, com ações de saúde e levando as reinvenções de vocês ao governantes”.

O Movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama, o Outubro Rosa foi criado no início da década de 1990 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure. A data é celebrada anualmente, com o objetivo de compartilhar informações e promover a conscientização sobre a doença; proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade.