De acordo com o parlamentar, os vetos foram motivados de forma indevida e por isso não foi aprovado, isso vai fazer com que o executivo reflita sobre suas atitudes. 

Após 7 horas de intenso diálogo e por 20 votos a zero, os deputados derrubaram os 8 vetos encaminhados pelo governo estadual à esta Casa Legislativa (vetos) à projetos de lei e à Lei de Diretrizes Orçamentárias – LDO).

Foi uma derrota histórica do governo Gladson Cameli. Um dos líderes da oposição, o deputado estadual Edvaldo Magalhães (PCdoB), classificou como: uma ‘derrota histórica e maiúscula’.

“Hoje, o parlamento se engrandeceu. Manteve sua unidade, valorizou o processo de construção coletiva e negou-se a se curvar a uma intervenção indevida”, destaca Magalhães.

Para o deputado, o governo não levou em consideração o processo trabalhoso de construção dos entendimentos da proposta da LDO, que teve a participação de todos as instituições de poder e foi aprovado por unanimidade no plenário da Aleac.

Veja o Vídeo: