Departamento de Esporte do Governo Gladson, suspende atividade funcional que acontecia a três anos no estádio Arena da Floresta

Dezenas de pessoas que participavam de um Projeto chamado: Arena em Movimento, reclamam da suspensão do mesmo por parte da diretoria de esporte da SEE.

O treinamento funcional, modalidade bastante procurada pelos praticantes de atividade física, ajuda na melhoria física e emocional dos praticantes, além de elevar a qualidade de saúde e vigor.

O programa era ofertado por meio de um projeto da SEE, sob a coordenação da educadora física Ana Paula Costa. As aulas eram realizadas as segundas, quartas e sextas-feiras, às 16h30 e 17h30.

O estado através da Secretaria de estado de educação e esporte, oferecia o profissional de educação física, que por três vezes na semana fazia acompanhamento e orientações aos participantes.

Uma das denunciantes lamenta atitude do diretor em suspender o projeto, haja vista que, muitas pessoas depressivas encontravam na dança e atividades realizadas, uma forma de terapia para o problema.

A justificativa do diretor de esporte júnior Santiago, foi que o departamento passou a cuidar somente da parte interna do gramado e que essa responsabilidade deve ser repassada ao Corpo de Bombeiros ou Polícia Militar.

O certo é que a professora foi realocada pela secretaria de educação e que agora os praticantes das atividades funcionais, ficarão sem apoio e sem instrutor, depois de mais de três anos de funcionamento.

O governo tem feito quase nada na política de apoio ao esporte e cultura, estar se preocupando em trocar os nomes das praças esportivas, sendo que isso é o menos importante nas prioridades desse setor.