Prefeitura e expositores comemoram bons negócios na 3ª edição do Festival do Coco

Com uma movimentação financeira de quase R$ 200 mil em três dias, a 3 edição do Festival do Coco, realizado nos dias 6, 7 e 8 de setembro, em Mâncio Lima.

Foi além de um vitrine para os produtos do município, mas também serviu para agregar valores à renda dos empreendedores que participaram do evento.

Durante o festival, além do coco e mais de 20 derivados, o município apresentou seu potencial no artesanato, na fabricação de móveis, na culinária e outros produtos regionais. Cada expositor avalia que foi mais uma oportunidade para divulgar seus produtos, mas comemoram o resultado dos negócios firmados durante os três dias.

“Só aqui nessa feira temos 3 barracas com artesanato do Barão e eu comecei há anos e já estou ai sobrevivendo por conta do artesanato. Então as pessoas passam e admiram muito minha barraca por apresentar elementos da cultura indígena e eu estou muito satisfeito por mostrar e pelas vendas dos meus produtos nesse evento”, afirmou Gedé Puyanawa.

O autônomo Manoel Bezerra trabalha com a extração de óleo de coco e de vários vegetais, além de produzir sabonetes com essências da região. Ele também afirma que teve resultados.

“Isso é um grande incentivo do prefeito. Já estamos no terceiro ano e sempre vem crescendo. Eu vendi bastante e todo mundo aqui está satisfeito”, disse Manoel.

Quem também comemora o resultado do festival é o produtor Ercildo Silva. Ele fabrica peças para cozinha em madeira de forma artesanal e vendeu praticamente todo estoque.

“Vai me ajudar muito a renda que tive aqui. Paguei o transporte para vir e voltar todos os dias e ainda estou tendo um bom lucro”, afirmou Ercildo.

Os organizadores avaliam que as expectativas do festival foram superadas. “Ocorreu conforme a gente planejou. Esse é um festival que incentiva ainda mais a produção do coco aqui no nosso município e fico feliz porque os nossos produtores estão satisfeitos. Também nos alegra a quantidade de pessoas tanto daqui, quanto de outras cidades que vieram nos prestigiar e fizeram o sucesso desse evento”, disse o prefeito Isaac Lima.

“Nem os próprios produtores esperavam essa comercialização, o nível de encomendas e de divulgação dos seus produtos. Então, eu estou encantada com esse festival, principalmente por ver a satisfação dos nossos expositores”, avalia a vice-prefeita Ângela Valente.

O deputado estadual Jonas Lima, que também apoio a na realização do Festival do Coco, diz que o evento se tornou um grande movimento econômico para o município.

“Aqui estamos vendo os agricultores mudando de vida com a variedade de produtos que o prefeito Isaac e a vice-prefeita Ângela estão incentivando ao plantio. Com certeza a população de Mâncio Lima está acordando para essa nova forma de governar voltada para alavancar o setor produtivo. Esse festival valoriza tudo que se produz aqui”, afirma Jonas Lima.