“Gladson é um fanfarrão e não quer saber de ajudar a saúde do estado”, diz servidor em Protesto

Na manhã desta terça-feira, os servidores da Secretaria Estadual de Saúde do Acre deflagraram greve por tempo indeterminado junto de protestos nas ruas do Centro da Capital Rio Branco.

Uma reunião que durou mais de quatro horas não chegou a nenhum consenso com representantes do governo e os funcionários da saúde decidiram dar continuidade  nas manifestações.

De acordo com a direção do Sintesac, as principais reivindicações da categoria são a regulamentação do Pró-Saúde, melhoria nas condições de trabalho, concurso público, revisão do plano de carreira e salários e definição da etapa alimentação.

Os manifestantes se deslocaram até a casa civil, onde lá esperavam receber algum posicionado por parte do governo, em seguida retornariam para a Sesacre.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Acre (Sintesac), Adailton Cruz, informou que além das pautas a serem discutidas, um dos motivos do protesto seria o fato da Secretária de Saúde, Mônica Feres, ter se recusado a recebê-los por 7 vezes seguidas.

Diante da situação ficou claro a falta de boa vontade da secretária em resolver assuntos que para os servidores da saúdes são importantes, mas que o governo do estado não está preocupado em resolver, de acordo com os servidores, o Governador não passa de um fanfarrão, só quer saber de festa e não se preocupa em ajudar a saúde do Acre.

“Muitos cidadão estão morrendo a míngua nos hospitais, por falta de medicação, profissionais, material para realizar o trabalho, falta de organização enquanto isso o governador Gladson que prometeu melhorar a saúde, agora só quer saber de se divertir, agora por exemplo ele está com meia dúzia de pessoas na Europa ao meu vê sem necessidade, não estão levando os problemas da saúde do nosso estado a sério”, disse um servidor.