Secretária de Saúde devolve indicados do deputado Bestene para Casa Civil, após críticas na Aleac

“A secretária de Saúde não está levando a verdade para o governador Gladson Cameli sobre o Sistema Único de Saúde”, disparou o progressista.

O deputado estadual José Bestene (PP) usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), nesta terça-feira (13), para fazer duras críticas à secretaria de Saúde, Mônica Feres.

Segundo o deputado, a secretária de saúde alega repassar cerca de R$ 3 milhões para a Fundação Hospitalar. “Não é verdade, esse dinheiro é da própria Fundação e a Sesacre tem apenas a obrigação de repassar o valor.  A secretária está mexendo na estrutura do atendimento do SUS e isso vai trazer sérias consequências. Espero que o governador Gladson reveja essa situação, eu sei que tem muitas pessoas querendo me afastar do governador, tem muito parasita fazendo esse joguinho. Mas eu fiz parte desse projeto e ele sabe que eu só quero ajudar”, concluiu.

Logo após o ácido discurso, a assessoria do parlamentar foi surpreendida pela informação de que dois comissionados indicados pelo PP e pelo deputado Bestene, foram devolvidos à Secretaria de Estado da Casa Civil, como consta no documento que o Diário do Acre conseguiu com exclusividade.