Urgente: Alexandre de Moraes dá 48 horas para PF entregar íntegra de mensagens

O ministro Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, requisitou a íntegra do material apreendido pela Polícia Federal na Operação Spoofing

O ministro Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, requisitou a íntegra do material apreendido pela Polícia Federal na Operação Spoofing. Ele determinou que as mensagens apreendidas com os suspeitos de terem hackeado autoridades,como Sergio Moro e Deltan Dallagnol, sejam encaminhadas ao Supremo no prazo de 48 horas. 

Moraes despachou: “diante de notícias veiculadas apontando indícios de investigação ilícita contra ministros desta corte [STF], expeça-se ofício ao juízo da 10ª Vara Federal Criminal de Brasília solicitando cópia integral do inquérito e de todo o material apreendido.”

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca ainda que “a medida tira das mãos da Polícia Federal, subordinada a Moro, e do juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal do DF, o domínio sobre a informação do inquérito que culminou na prisão de quatro suspeitos de hackear a conta do aplicativo Telegram de autoridades.”