Extrato do contrato foi divulgado nesta quarta-feira (31), no Diário Oficial. Ao todo, por ano, devem ser gastos R$ 5 milhões.

Gladson Cameli contratou jatinho por R$ 18 mil a hora do voo — Foto: Reprodução

O extrato do contrato entre o governo e a empresa especializando em serviços de fretamento de aeronave executiva birreatora a jato, Manaus Aerotáxi, foi divulgado na edição do Diário Oficial do Acre desta quarta-feira (31).

O documento detalha alguns pontos da prestação do serviço da empresa. Além disso, estipula que uma hora de voo no jatinho contratado pelo governador Gladson Cameli é equivalente a R$ 18 mil e que, por ano, devem ser gastos R$ 5 milhões.

A validade do contrato é de um ano. Nas especificações, é possível se ter uma ideia de como é a aeronave de versão executiva, que tem capacidade para oito passageiros e dois tripulantes e um bagageiro de 390 quilos.

Além disso, há banheiros e instalação privativa de vasos sanitários e lavatórios. Do G1 Acre

Uma hora de voo em jatinho de governador do Acre vai custar R$ 18 mil — Foto: Arquivo/Manaus Aerotáxi

“Uso exclusivo executivo, provida de ar-condicionado, aeronave equipada com Galley térmicas para acomodação de bebidas, água, refrigerantes e lanches, leitura de bordo”, pontua.

A divulgação destes detalhes ocorreu um dia após a Justiça indeferir uma liminar, que pedia a suspensão do contrato. A batalha judicial foi iniciada pelo vereador Emerson Jarude, por achar imoral o Estado gastar com o serviço.

O governo disse que não vai se pronunciar no momento. O vereador disse ainda que respeita a decisão do Judiciário, mas não concorda e vai recorrer.

“O Acre vem colecionando índices muito ruins por tomar decisões erradas. Dizer para uma pessoa que está em um leito esperando por um remédio ou cirurgia que vai ter que aguardar porque não tem dinheiro, e ao mesmo tempo vemos um governador investindo em um jatinho, para qualquer cidadão em sã consciência é revoltante”, disse.