Polícia prende mais um suspeito de participar de arrastão e latrocínio na Transacreana em Rio Branco

Suspeito foi ouvido pela polícia e em seguida encaminhado ao presídio Francisco D’Oliveira Conde (FOC).

Mais um suspeito de participar de um arrastão em casas que ficam no Ramal Liberdade, Seringal Macapá, na Transacreana, em Rio Branco, foi preso na última semana.

De acordo com o delegado Sérgio Lopes, da Delegacia de Combate a Roubo e Extorsões (Dcore), Alan da Rocha Gomes foi preso em flagrante durante um roubo.

“Conduzimos esse indivíduo a Dcore e no interrogatório ele confessou a participação no crime, inclusive, confessou que é o autor do disparo que atingiu a vítima que foi a óbito no local”, disse o delegado.

Cinco bandidos armados entraram em casas na Transacreana, no dia 9 de maio deste ano, e Agcélio Missiano, de 34 anos, foi morto a tiros quando tentava fugir. Uma das vítimas conta que todos os cinco homens estavam armados com pistolas, revólver e espingarda.

Gomes foi ouvido pela polícia e em seguida encaminhado ao presídio Francisco D’Oliveira Conde (FOC).

“Nós já tínhamos conhecimento desse indivíduo no latrocínio e estávamos a procura dele, porém poucos dias atrás ele foi pego em outra situação de roubo, num flagrante”, explicou o delegado.

Logo após o latrocínio, a polícia já havia prendido Demio David, de 20 anos, em flagrante pelo roubo de um celular, no dia 14 de maio, no Belo Jardim, em Rio Branco. Ao ser preso, ele foi identificado como um dos suspeitos de participar do arrastão.

O delegado informou após a prisão de Gomes, o inquérito foi concluído e enviado ao Judiciário. Lopes ainda informou que foram identificadas pelo menos seis pessoas envolvidas na ação. Por Alcinete Gadelha, G1 Acre