Francisco, conhecido por Macaquinho, era de Porto Walter e estava internado por ordem judicial.

A Polícia Militar encontrou no início da noite desta terça-feira, 30, em uma localidade rural de Rodrigues Alves, o corpo de um homem, identificado por Francisco, que estaria desaparecido desde sábado, quando fugiu da APADEC de Cruzeiro do Sul, onde fazia tratamento contra a dependência química.

O corpo apresentava sinais de espancamento e várias perfurações de arma branca e de fogo. Na semana passada, um outro corpo foi encontrado nesta mesma localidade rural de Rodrigues Alves.

E em busca dos assassinos de Francisco, a Polícia Militar desencadeou uma operação na noite desta terça-feira, no bairro Favela em Rodrigues Alves, onde houve tiroteio com membros de facção.

A Polícia Militar, através do 6°BPM, conseguiu prender quatro acusados no envolvimento com o homicídio ocorrido em Rodrigues Alves. Após o isolamento e coleta de dados, os policiais conseguiram chegar ao autores do homicídio e o material utilizado para realizar o crime. Todos os envolvidos foram encaminhados a delegacia para a continuação do flagrante. Os nomes dos quatro acusados ainda não foi divulgado pela polícia.

A Polícia Militar continua fazendo diligências e pode ser que ocorram mais prisões relacionadas ao homicídio. Por Ac24horas