Uma líder evangélica de Rio Branco foi flagrada na cama aos beijos, abraços e em ato sexual explícito com um rapaz de 22 anos, membro da igreja da qual a pastora é fundadora.

O flagrante foi dado sete dias atrás, após muita insistência de uma ex-amiga que se propôs a provar a infidelidade conjugal e o comportamento inapropriado da mulher perante os fiéis da congregação.

No dia do flagrante estavam presentes os pais da evangélica, que acompanharam, espantados, a cena. Eles aguardaram a consumação do ato sexual para “conversar” com a pastora. Um vídeo com menos de 1 minuto foi gravado na sala da evangélica, que aparece sentada no sofá sendo questionada por familiares. Ao seu lado (veja abaixo), o amante ri da situação.

A gravação foi parar num grupo de whatsapp restrito aos fiéis da Igreja “Ministério uma Nova Aliança com Deus”. Vários diálogos entre a pastora e o rapaz também foram divulgados no grupo. Eles marcam encontros sucessivos e as conversas têm conotação sexual na maioria das vezes em que se falam pelo aplicativo Whatsapp.

A congregação, recente em Rio Branco, não existe mais, fechou as portas para os cultos que aconteceriam na semana passada. O marido da pastora, um trabalhador que tem negócios na Bolívia, passa dias fora do estado e mandava dinheiro para o sustento da mulher e um filho menor, soube do ocorrido através de membros da igreja. Ele decidiu separar e, segundo a reportagem apurou, está bastante envergonhado. 

Nossos repórteres localizaram a mulher que, na companhia – e com autorização dos pais da pastora – gravou o vídeo. Ela fez o seguinte relato ao acjornal:

“Éramos muito amigas. Aquilo foi me deixando triste e amargurada. Eu morava na casa deles e via que a coisa saiu do controle, enquanto o marido mandava dinheiro que ela usava para sustentar o rapaz. Ela não quis me ouvir e continuou. Então eu contei para os pais dela, que quiseram ver para crer. Está sendo terrível para todos nós, especialmente para os membros da igreja e para s pastores que ajudavam a igreja. Eu contei a história no grupo da igreja, mas não sei quem espalhou. Todos se afastaram dela que preferiu ficar com o rapaz e ainda tem a coragem de negar”, disse. A entrevista foi gravada. Por Assem Neto / acjornal

Veja o Vídeo: