Equipes retornaram em todo o percurso da Via Chico Mendes na segunda-feira (29) para recolher o lixo deixado após a Cavalgada.

Após a passagem da Cavalgada 2019 em Rio Branco, evento que faz parte da abertura da Expoacre 2019, a Secretaria Municipal de Zeladoria da Cidade recolheu 7 toneladas de lixo das ruas onde o evento passou com as comitivas. O secretário da pasta, Kellyton Carvalho, disse que a ação ocorreu simultaneamente após o evento para garantir que o fluxo normal das vias volte.

“A gente vem acompanhando desde o início lá na Gameleira. Ficamos com uma equipe especificamente na concentração, desde cedo, e estamos com outra tropa da zeladoria da prefeitura fazendo a limpeza simultaneamente com a Cavalgada. O objetivo é fazer a liberação da via para não ter comprometimento posteriormente com a rede de drenagem aqui da Via Chico Mendes”, explicou o secretário.

Ainda de acordo com Carvalho, foi colocado nas ruas um efetivo de pelo menos 80 colaboradores que trabalharam na limpeza da via, espalhados desde o Centro da Cidade, Gameleira e Via Chico Mendes.

Além disso, o secretário informou que contaram com o apoio de 10 equipamentos de suporte como caçambas, pá carregadeira e carga seca de apoio.

Ainda segundo Carvalho, na segunda-feira (29) as equipes devem retornar em todo o percurso novamente.

“Vamos retornar refazendo o serviço, pois ficaram muitos camarotes empresariais ao longo da Via Chico Mendes que vão produzir muitos resíduos até o final do dia de hoje”, explicou.

Cavalgada

Com a volta das comitivas, participação de cavaleiros e quadriciclos, a Cavalgada 2019 abriu a Expoacre 2019, maior festa agropecuária do Acre. Diferente do ano passado, quando poucas pessoas participam, esse ano milhares estão no evento, que está em sua 46ª edição. Ao menos 200 policiais fizeram a segurança.

Participaram três comitivas e mais de 100 quadriciclos, além de mais de 150 cavalos. A Cavalgada ocorreu neste sábado (27), em Rio Branco, e teve início por volta das 9h30. A abertura oficial ocorreu antes da cavalgada, no Parque de Exposições Wildy Viana. A feira ocorre de 27 de julho até 4 de agosto com uma vasta programação.

Diferente das edições anteriores, este ano o percurso para os cavalos foi reduzido em cerca de um quilômetro e meio, indo apenas até o Estádio Arena da Floresta. Os cavalos, cavaleiros e amazonas foram à frente do desfile. A ideia foi evitar a proximidade dos animais com os pedestres e veículos. Do G1 Acre