Aeronave pousava no aeroporto de Cruzeiro do Sul quando estrutura do trem de pouso quebrou.

Um avião de uma empresa de táxi aéreo perdeu o trem de pouso do lado esquerdo no momento da aterrissagem no aeroporto de Cruzeiro do Sul, interior do Acre, nesta sexta-feira (26). O incidente ocorreu quando a aeronave taxiava na pista. Ninguém ficou ferido.

O voo saiu da cidade de Marechal Thaumaturgo com destino a Cruzeiro do Sul. Na aeronave estavam o agente de Correios Edson Pinheiro, uma mãe com duas crianças, um homem e o piloto Renato Souza.

“Foi no momento do pouso, quebrou o trem de pouso e tocou a hélice no chão. Foi uma situação bem desconfortável. Primeiro Deus e depois a habilidade do piloto, que controlou o avião no momento do choque na pista”, contou Pinheiro ao G1.

Pista em péssimas condições

O piloto Renato Souza explicou que o avião não apresentou problemas durante a decolagem e nem no decorrer do voo. Ele acrescentou que o pouso da aeronave também foi feito sem alterações, até o momento que liberava a pista e o trem de pouso quebrou.

“Estava taxiando quando o trem de pouso do lado esquerdo quebrou e o avião deitou na pista. Conversamos com os mecânicos e outras pessoas responsáveis e achamos que foi por causa das péssimas condições da pista de Porto Walter e Marechal Thaumaturgo, onde o avião opera mais”, reforçou.

Souza falou que, logo após o problema, se preocupou em retirar os passageiros de dentro da aeronave e levar para longe. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada para o local.

“Tirei o pessoal de dentro, mais por precaução, fiz todos os procedimentos e esperamos os bombeiros. Mas, nem foi necessário. Acionei a empresa e, em seguida, os órgãos que investigam os acidentes, que são de proteção ao voo”, relatou. Do G1 Acre