O evento reuniu atores envolvidos no planejamento e gestão dos recursos hídricos no Brasil.

O Governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), participou da oficina estratégica para a elaboração do Plano Nacional de Recursos Hídricos com vigência a partir de 2021, que aconteceu nesta quarta, 17, no Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR), em Brasília. 

Instituições federais, estaduais e setores usuários de recursos hídricos, além da sociedade civil, contribuíram para a discussão. A diretora executiva da Sema, Vera Reis, foi convidada especialmente por sua expertise em gestão de recursos transfronteiriços.

De acordo com a diretora da Sema, a experiência de gestão de recursos hídricos compartilhados na Bacia Hidrográfica do rio Acre com o Peru e Bolívia, através da Iniciativa MAP (Madre de Dios-PE, Acre-AC e Pando-BO), permitiu ao Acre a participação no Fórum Mundial da Água, a convite da Organização do Tratado de Cooperação Amazônico-OTCA e da Agência Nacional de Águas -ANA.

“Mais uma vez o Acre poderá servir de modelo no processo de revisão do Plano Nacional, mostrando como a sociedade e governos locais articulados podem fazer frente a eventos extremos a partir de ações compartilhadas na bacia hidrográfica, considerando que as mudanças climáticas não respeitam fronteiras”, argumentou Vera Reis.