Vereadores de Brasileia defendem na Aleac mais investimentos para a Defensoria Pública para melhorias de trabalho da instituição

O vereador Presidente da Câmara, Rogério Pontes, destacou a importância da Defensoria Pública para a população.

O Presidente da Câmara Municipal, Rogério Pontes (MDB), e o Líder da Prefeita na Câmara, vereador, Edu Queiroz (PT), e vereadores de Epitaciolândia e Xapuri se reuniram nesta quinta-feira,11, com a defensora pública-geral do estado a DPE/AC, Roberta de Paula Caminha e membros da instituição. Momentos antes da aprovação da LDO pelos os deputados na Aleac.

Para levar o apoio do Poder Legislativo de Brasileia a Defensoria Pública do Estado que busca por mais investimentos do governo. Para continuar levando os seus serviços que são essenciais aos que mais precisam em todos os municípios do Estado.

Os Vereadores de Brasileia e parlamentares de outros municípios acreanos é a segunda vez este ano que se encontra com representantes da Defensoria Pública do Estado. Onde Participaram em junho da Sessão Solene em Homenagem ao dia da Defensoria Pública, defensores e defensoras que aconteceu em Rio Branco.

Atualmente, o Acre conta com o trabalho de 45 defensores, número considerado baixo diante das demandas. Nem todos os 22 municípios do Estado contam com a presença desses profissionais, por isso, membros da DPE/AC, pedem o aumento de 0,9% da Receita Corrente Líquida repassada pelo governo para 2%.

Mesmo com a participação de outras Câmaras Municipais, Movimentos Socais, e Deputados Estaduais. A Defensoria Pública do Estado do Acre (DPE/AC) conseguiu apenas manter o orçamento de 0,9% na Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO), aprovada pela Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). E mais um acordo com o governo do Estado por meio da Secretaria de Fazenda que apresentou uma contraproposta para cobrir o déficit no orçamento da instituição.

Com isso o governo não se comprometeu com os 2% por centos do orçamento pedido pela Defensoria Pública. Mais em disponibilizar a através da Lei Orçamentária Anual (LOA), um acordo de suplementação orçamentária suficiente para melhoria dos serviços da DPE/AC e ampliação da atuação no interior do Estado.

“Embora não tenhamos conseguido o percentual de 2% pleiteado pela Defensoria Pública na LDO, estamos cientes da atual situação orçamentária do Estado enfrentada pelo Poder Executivo. E dentro das possibilidades que o Estado dispõe, depois de exaustivas negociações, conseguimos entrar em um acordo que beneficiará a todos”, disse a defensora pública-geral da DPE/AC, Roberta de Paula Caminha.

A defensora pública-geral ainda ressaltou e agradeceu ao governo do Estado, aos deputados, vereadores, prefeitos, aos diversos movimentos sociais e a todos pelo apoio recebido durante o movimento em favor da instituição.

“Na oportunidade, também gostaria de expressar toda minha gratidão aos abnegados defensores e servidores que se compromissam diariamente com a concretização de justiça social em favor da população mais necessitada, e principalmente também a todos os usuários da DPE/AC que abraçaram a nossa causa e que tem manifestado apoio a esse movimento e fortalecimento da Defensoria, hoje é um dia de conquista e avanços”, ressaltou.

O vereador Presidente da Câmara, Rogério Pontes, destacou a importância da Defensoria Pública para a população.

“Orgulha-nos muito estar aqui eu e os vereadores de Brasileia. Lutando com esses profissionais que representam nosso povo. A Defensoria tem uma importância muito grande para a classe carente do Acre, este é um ato que não poderia deixar de ser feito, dada à importância desses profissionais. Há uma necessidade de nos sensibilizarmos sempre a respeito do papel institucional da Defensoria, que atua em esferas importantes, auxiliando aqueles que mais necessitam. Espero que o governo do estado olhe com carinho para a defensoria pública do nosso estado e faça o investimento necessário que a instituição precisa e as pessoas menos favorecidas também” Enfatizou.