Segurança abre edital de processo seletivo com 72 vagas para policiais militares, civis e bombeiros que vão atuar na fronteira

Edital foi publicado na edição desta quarta-feira (10) do Diário Oficial do Estado. Inscrições vão até o dia 17 de julho e o resultado final deve ser divulgado no dia 12 de agosto.

A Secretaria de Justiça e Segurança Pública do Acre (Sejusp) abriu um edital de um processo seletivo para seleção de policiais militares, civis e bombeiros que vão compor o grupo especial de operações em fronteira no estado.

O edital foi publicado na edição desta quarta-feira (10), do Diário Oficial do Estado (DOE).

Ao todo, são 72 vagas, sendo 48 para policiais militares, 12 para policiais civil e outros 12 para bombeiros militares. As inscrições estão abertas e vão até o próximo dia 17 de julho, na sede da Sejusp, no Palácio das Secretarias, no Centro de Rio Branco.

O secretário Paulo Cézar dos Santos disse que o objetivo do grupo é combater os crimes transfronteiriços em toda região de fronteira do estado do Acre. Segundo ele, os policiais devem iniciar os trabalhos em setembro.

“Compreendemos que boa parte da violência que chega à capital tem vínculo direto aos crimes na faixa de fronteira, ou seja, é o abandono da União em relação à sua competência. Então, o estado, independente de competências, está chamando para si parte dessa responsabilidade. A formação desse grupo objetiva, de forma integrada à inteligência policial, atuar sobre esses crimes de contrabando, descaminho e, principalmente, tráfico de entorpecente na região de fronteira”, disse o secretário.

O processo seletivo terá três fases, sendo a primeira a análise dos documentos exigidos, a segunda o teste de aptidão física e a terceira a avaliação do curriculum. O resultado final deve ser divulgado no dia 12 de agosto.