No Acre doadores de sangue passarão a ter direito a meia-entrada

Doador que comprovar três doações no ano poderá ter direito ao benefício

Nesta quarta-feira (10), a Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado Federal aprovou um projeto que concede aos doadores regulares de sangue o direito de meia-entrada que é concedido a estudantes, idosos e pessoas com deficiência.

O texto que altera a Lei da Meia-Entrada, de 2013, foi proposto pelo senador Fabiano Contarato (Rede/ES) que argumentou que o Estado precisa incentivar a doação de sangue. Para ter direito ao benefício, o doador precisa comprovar pelo menos três doações no ano.

Por diário do acre